Curso de Extensão em Engenharia de Software já formou 250 alunos

 Matrículas para novas turmas encerram-se em julho e agosto

Atualmente, um dos problemas mais relevantes do Brasil é o desemprego, agravado pela pandemia, que já atinge pelo menos 14 milhões de brasileiros. No entanto, na área de Engenharia de Software, as empresas enfrentam um problema inverso: existem dezenas de milhares de vagas abertas, a maioria com remunerações acima da média salarial brasileira,  mas faltam candidatos qualificados. Esse problema — muitas vezes chamado de “Paradoxo da Área de TI” — só aumentou com a Covid-19, já que as empresas foram obrigadas a investir pesadamente em processos de transformação digital. 

Também devido ao avanço mundial da doença, o trabalho remoto tornou-se mais comum e empresas de software brasileiras têm que disputar profissionais com organizações de todo o mundo, que passaram a contratar desenvolvedores que — morando no Brasil — podem trabalhar em qualquer país.

Nesse cenário, o Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais (DCC/UFMG) abriu, em 2020, um curso de extensão em Engenharia de Software, 100% a distância. Com carga horária de 48 horas, o curso é voltado para profissionais interessados em aperfeiçoar sua formação na área, em temas como métodos ágeis, princípios de projeto, arquitetura e testes de software.

Mesmo durante a pandemia, o curso não parou e formou três turmas em 2020 e uma turma em 2021. No total, mais de 250 alunos concluíram a extensão com sucesso e foram aprovados nas provas finais que fazem parte do programa. Metade desses alunos é de Minas Gerais e a outra é proveniente de outros 20 estados brasileiros.

Marcela Cruz é uma das alunas formadas na Turma 4, que concluiu o curso em maio de 2021. Com 11 anos de experiência, Marcela trabalha em uma empresa de desenvolvimento de software em Salto, São Paulo, e considera que o curso permitiu que estudasse conceitos importantes na área e, também, “melhorou e atualizou habilidades que são hoje muito importantes no meu dia a dia”, afirmou.

As aulas do curso são todas gravadas (assíncronas) e os alunos recebem uma versão digital do livro Engenharia de Software Moderna, de autoria do professor Marco Tulio Valente, que é coordenador do curso, junto com o professor André Hora, também do DCC/UFMG.

Ao longo de 2021, serão ofertadas mais duas turmas do curso. Também neste ano, o DCC/UFMG oferece um segundo curso de extensão na área de Engenharia de Software, com carga horária de 20 horas, porém específico sobre Testes de Software. As inscrições dos cursos já estão abertas e se encerram nos próximos meses, sendo: Engenharia de software – turma 6 – inscrições até o dia 20 de agosto e Teste de Software – turma 2 – até o dia 24 de julho.

Mais informações sobre ambos os cursos em:

http://www.engsoftmoderna.dcc.ufmg.br

http://www.testesoft.dcc.ufmg.br

Depoimentos de ex-alunos podem ser vistos em:

http://www.engsoftmoderna.dcc.ufmg.br/depoimentos.html

http://www.testesoft.dcc.ufmg.br/depoimentos.html