Ex-aluno do mestrado e doutorado do DCC ganha espaço em grande empresa internacional

Alta qualidade no ensino do Departamento de Ciência da Computação forma mão de obra qualificada para o mercado de trabalho internacional

Aproveitar as oportunidades enquanto estuda e empenhar-se pode abrir portas para alunos e ex-alunos do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais (DCC/UFMG). Esse foi o caso do ex-estudante do DCC, Pedro Henrique Bragioni Las-Casas, mestrando do Departamento de 2011 a 2013 e doutorando de 2013 a 2020, quando foi orientado pelo professor Dorgival Olavo Guedes Neto. Durante o doutorado, Pedro frequentou a Brown University, nos EUA, onde estreitou laços com Rodrigo Fonseca, também ex-aluno do DCC, professor de Brown à época e co-orientador do doutorando, e o Max Planck Institute for Software Systems (MPI-SWS), na Alemanha, em 2018 e 2019 respectivamente.

Após retornar ao Brasil e finalizar o doutorado, Las-Casas trabalhou como Software Engineer na Cyral e, atualmente, está na Microsoft Research como Research Software Engineer. Segundo o ex-aluno, além de todo o conhecimento técnico adquirido durante a formação, a experiência em pesquisa ajuda, e muito, no desempenho profissional. “Utilizo todos os dias os conhecimentos técnicos que adquiri durante os estudos. Além disso, a experiência com a pesquisa, durante o mestrado e o doutorado, são fundamentais para a posição que ocupo agora”, afirmou.

Atuando em home office, em Belo Horizonte, como pesquisador da Systems Research Group – Redmond, Laboratório de pesquisas da Microsoft, Pedro auxilia no desenvolvimento da tecnologia resultante das pesquisas relacionadas à área de sistemas distribuídos. O objetivo do Grupo de Pesquisa é tornar os sistemas seguros, escaláveis, tolerantes a falhas, gerenciáveis, rápidos e eficientes.

Já para o professor Dorgival, o ex-aluno teve um ótimo desempenho desde o mestrado e desenvolveu um trabalho muito interessante, integrando às áreas de Sistemas de Computação e Mineração de Dados. “As colaborações dos pesquisadores externos, inclusive com períodos de vista à Brown e ao MPI, certamente ajudaram bastante no desenvolvimento de um trabalho de alta qualidade”, destacou.

Para o também professor do DCC, Fernando Magno Quintão Pereira, a Microsoft Research (MSR) é um dos principais centros de pesquisa em ciência da computação do mundo. “O fato de Pedro trabalhar lá traz muito orgulho para todos nós do DCC. E o fato de ele poder fazer isso estando aqui em Belo Horizonte torna o seu êxito também uma conquista para Minas Gerais. Cada pesquisador que continua conosco depois de formado é como um gol que marcamos nesta copa do mundo da tecnologia”, concluiu.

Acesse o link https://www.linkedin.com/in/pedro-las-casas-babb0419/ e saiba mais sobre o Pedro.


Veja outras matérias da série Ex-Alunos