Especialistas debatem influência das fake news na opinião pública no programa Voz Ativa da Rede Minas

Os meios de comunicação acabam sendo os principais elos de difusão de informação dos candidatos para o eleitorado. Frente a esse cenário, há preocupação de diversas autoridades, entre elas dos tribunais eleitorais, do Ministério Público, de estudiosos e de pesquisadores de mídia com a fabricação e disseminação de notícias falsas. O receio é que as chamadas fake news sejam utilizadas como estratégias por pessoas ou grupos políticos com o intuito de desequilibrar até a corrida para o Palácio do Planalto, câmara federal ou assembleias legislativas no mês de outubro.

Diante de um possível quadro de utilização das notícias falsas, principalmente pela internet, o Voz Ativa desta segunda-feira, 30 de abril, às 22h15, na Rede Minas, coloca em discussão o assunto e conta com cinco especialistas para falar dos possíveis impactos desse cenário na opinião pública.

O apresentador Florestan Fernandes Júnior recebe no programa Drica Guzzi, pesquisadora da Escola do Futuro da Universidade de São Paulo (USP); o jornalista da edição brasileira do jornal El País, Rodolfo Borges; o também jornalista e Editor do site O Beltrano, Rafael Mendonça; a historiadora e coordenadora do Centro de Convergência de Novas Mídias (CCNM), da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Regina Helena Alves da Silva; e o fundador da ONG Safernet Brasil, Thiago Tavares.

O professor Fabrício Benevenuto apresenta o portal Eleições-Sem-Fake (https://www.eleicoessemfake.dcc.ufmg.br/?) aos 56 minutos.