9ª edição do programa de incentivo do Google premia seis projetos do DCC

Nesta quarta-feira, 9, o Latin American Research Awards (Lara) divulgou a lista com os agraciados no programa de bolsas de estudos do Google. Voltado para os estudantes de mestrado e doutorado de universidades da América Latina, o programa premiou 14 projetos no Brasil, sendo destes seis do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais. Nesta nova edição, o programa tratou a Diversidade, Equidade e Inclusão (DEI) e buscou projetos que abordassem a computação como meio para ajudar a solucionar os desafios que envolvem o tema. Ao mesmo tempo, os estudos relacionados à Covid-19 também foram reconhecidos e premiados.

O Lara tem por objetivo incentivar a inovação e a busca por soluções dos problemas cotidianos por meio da tecnologia e, segundo o Google, valorizar o trabalho de pesquisa que busca soluções novas para problemas que afligem a sociedade e com potencial de grande impacto social é também uma das metas. potencial de grande impacto social. Os prêmios são destinados aos orientadores e alunos, sendo que os estudantes de mestrado recebem uma bolsa no valor de US$750 e o de doutorado US$1,2 mensalmente. No Brasil foram agraciados 14 projetos.

Foram premiados este ano no DCC os seguintes projetos:

  • Compartilhamento de Conteúdo Tóxico em Plataformas de Mídia Social: Análise Orientada à Rede e Aplicações Potenciais – Jussara Almeida e Gabriel Nobre;
  • Eficiência de CPU escalável e alta para cargas de trabalho de datacenter sensíveis à latência – Marcos Augusto Vieira e Jean Henrique Ferreira;
  • Uma estrutura robusta e explicável baseada em QIF para avaliar os riscos de privacidade de grandes dados – Mario Alvim e Gabriel Henrique Nunes;
  • Aprendendo a combinar imagens de objetos deformáveis – Erickson Nascimento e Guilherme Potje;

Além destes, dois dos projetos haviam sido agraciados também no ano passado, sendo renovadas as premiações. São eles: Estendendo o Papel dos Clusters de Palavras Semânticas em Tarefas de Processamento de Linguagem Natural – Marcos Gonçalves e Felipe Viegas e Classificação automática e interpretável do eletrocardiograma de 12 derivações – Wagner Meira Júnior e Derick Matheus Oliveira. 

Para o professor e coordenador de pesquisas do DCC, Omar Paranaiba Vilela Neto, o Departamento tem tido uma presença significativa e constante entre os projetos aprovados no programa de incentivo do Google, o que é de extrema relevância devido à alta competitividade. “Este é apenas mais um dos indicadores da alta qualidade das pesquisas realizadas no DCC. Se olharmos de maneira mais ampla, os trabalhos aqui realizados têm recebido uma quantidade muito grande de incentivos e prêmios nacionais e internacionais, consolidando ainda mais a posição de destaque do DCC”, comemorou.

Veja a matéria publicada pelo Google.

Acesso rápido