Índice Científico AD 2022 destaca professores do DCC entre os mais influentes da América Latina

O ranking Latin America Top 100 Scientists 2022, da plataforma AD Scientific Index, por meio do Índice Científico AD (Índice Científico Alper-Doger), contemplou sete docentes do Departamento de Ciência da Computação da Universidade Federal de Minas Gerais (DCC/UFMG) entre os 100 mais influentes da América Latina. Ao todo, 40 professores da Universidade foram incluídos, distribuídos em 11 categorias de diferentes áreas do saber.

Com um um total de nove parâmetros, a versão latino-americana do AD Scientific Index reúne mais de 56 mil cientistas vinculados e mais de 1,6 mil universidades de 35 países. O Índice Científico AD é um sistema de classificação e análise baseado no desempenho científico e no valor agregado da produtividade de cientistas individuais. Assim, produz rankings de instituições com base nas características científicas dos afiliados.

No DCC, foram considerados os mais influentes na série Engineering & Technology os docentes Antônio Loureiro (14º), Virgílio Almeida (25º), Wagner Meira (61º), Marcos André Gonçalves (67º), Fabrício Benevenuto (88º) e Jussara Almeida (89ª), além do professor Gilberto Medeiros (72º), na categoria denominada Others.

Acesso rápido