Fórum RNP 2017 homenageia construtores da internet no Brasil

Dentro das comemorações dos 25 anos de internet no Brasil, o Fórum RNP 2017 prestou uma homenagem a professores, acadêmicos e representantes de instituições contribuíram para a implantação da internet no país.

Foram convidados para compor o painel comemorativo o diretor técnico do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC), Alexandre Grojsgold; o diretor-presidente do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), Demi Getschko; um dos fundadores da RNP, Tadao Takahashi; e Ivan Moura Campos, professor emérito da UFMG, ex-secretário de Política de Informática e co-fundador da startup Hekima.

Os participantes foram convidados a lembrar acontecimentos curiosos sobre o início da história da internet no Brasil. O segundo brasileiro nomeado para o Internet Hall of Fame e um dos fundadores da RNP, Eduardo Tadao Takahashi, relembrou como foi o processo da conexão entre o Rio de Janeiro e São Paulo para o evento internacional ECO-92. “A realização da ECO-92 foi um choque de seriedade. Ela teve essa caraterística importante de conseguir colocar no ar uma infraestrutura técnica em um evento que era basicamente político”, afirmou.

Os painelistas trouxeram reflexões sobre como a tecnologia é uma poderosa aliada para formar novos pesquisadores. “Estamos em uma época de formar intelectuais inquietos e temos a tecnologia ao nosso lado. O mundo é bem melhor agora”, avaliou Ivan Moura Campos. “Mas estamos cada vez mais superficiais, usamos uma linguagem na internet que remete aos hieróglifos”, ponderou Getschko, que completou com uma fala do escritor Millor Fernandes: “é melhor ser pessimista do que otimista. O pessimista fica feliz quando acerta e quando erra”.