Nova abordagem para a segmentação de imagens médicas que pode ajudar no diagnóstico de COVID-19

ter, 16/06/2020 - 16:00
Português, Brasil
A ferramenta será economicamente viável e vai ajudar tanto na detecção da Covid-19 quanto em pesquisas focadas em informática médica direcionada ao auxílio computadorizado ao diagnóstico de doenças.

Segundo o coordenador do projeto Jefersson dos Santos, raio-x de tórax é um exame menos preciso, mas consideravelmente mais barato e disponível mesmo em centros de saúde com infraestrutura mais precária. E libera carga radioativa menor para o paciente. Na avaliação do professor, "trata-se, portanto, de solução eficiente, passível de utilização em grande escala e mais acessível que métodos para detecção de males respiratórios que usam tomografias".

Boa parte dessas técnicas são consolidadas em testes preliminares para segmentação de pulmões saudáveis. Atualmente, o grupo do DCC está testando tais técnicas na tarefa de segmentação de pulmões afetados pela Covid-19. O método é chamado Codagans e foi desenvolvido no contexto do doutorado do aluno Hugo Oliveira.

Clique aqui para ver a reportagem completa no g1.globo.com.


O artigo pode ser consultado no link https://ieeexplore.ieee.org/document/9084116

O projeto aprovado pela FAPEMIG pode ser consultado aqui.

Saiba mais sobre o laboratório: http://patreo.dcc.ufmg.br/