Virgílio Almeida recebe o título de Professor Emérito da UFMG

sab, 23/03/2019 - 10:45
Português, Brasil
“O título de professor emérito abre para mim uma nova fase, de maior responsabilidade na busca de novos conhecimentos e horizontes, dentro dessa magnífica instituição que é a Universidade Federal de Minas Gerais”, afirmou Virgílio.

Virgílio Almeida, do Departamento de Ciência da Computação, que recebeu nesta sexta-feira, 22, o título de Professor Emérito da UFMG, afirmou que pesquisadores de países em desenvolvimento, marcados por “desigualdades socioeconômicas constrangedoras” enfrentam a dicotomia “relevância versus excelência”. Trabalhar em áreas de ponta ou focar em problemas regionais?

“Aprendi com colegas do DCC que esse é um falso dilema. A computação tem sido pródiga em quebrar preconceitos arraigados da ciência, como a separação entre pesquisa básica e aplicada”, ressaltou Virgílio, que usou como exemplo as pesquisas realizadas no Departamento nas áreas de recuperação de informação e gerência de dados e algoritmos que levaram à criação de empresa que viria a ser adquirida pela Google. A operação trouxe para Belo Horizonte grande número de empregos altamente qualificados. “Esse é um exemplo perfeito da combinação de excelência acadêmica e relevância local”, completou.

A cerimônia, realizada no CAD 3, campus Pampulha, teve a presença da reitora Sandra Regina Goulart Almeida, do vice-reitor Alessandro Fernandes Moreira, do diretor pro tempore do ICEx, Francisco Dutenhefner, do chefe do Departamento de Ciência da Computação (DCC), Wagner Meira, além de professores eméritos, dirigentes, docentes, técnicos e estudantes da Universidade.