Eleições sem fake

sex, 13/04/2018 - 09:45
Português, Brasil
Lançamos essa semana um portal para ajudar em questões relacionadas a fake news, disponível em: http://www.eleicoes-sem-fake.dcc.ufmg.br

Fabrício Benevenuto*

Lançamos essa semana um portal para ajudar em questões relacionadas a fake news, disponível em: http://www.eleicoes-sem-fake.dcc.ufmg.br/

Nós colocamos uma série de coisas que podem ajudar muita gente a acompanhar as eleições. É possível verificar dados demográficos sobre a audiência dos políticos no Facebook, comparar a cobertura de vários portais de notícias em um determinado tópico, ter alguma pista sobre o uso de bots para promover hashtags no Twitter, verificar a audiência dos veículos de notícias mais populares nas redes sociais.

Dentre esses sistemas há um que acredito que pode dar uma contribuição muito crítica e que requer o engajamento de voluntários. Nós fizemos um plugin pro chrome que coleta todos os ads (patrocinados) do Facebook vistos pelas pessoas que o instalam. A contribuição do plugin é permitir identificar quem fez o ad, quem foram os alvos do ad e qual foi o ad. Se houver algo como um grande grupo (nem precisa ser russo) impulsionando fake news nas vésperas das eleições, nós vamos poder identificar. Nós só coletamos os posts patrocinados. Temos que ter pessoas em todos os estados e regiões brasileiros para o sistema ser realmente útil. Ao instalar o plugin, já possível verificar as propagandas vistas por todos os usuários do plugin, sem revelar a identidade de ninguém, claro. Só desse plugin existir acho que já vamos inibir tentativas de fake news via impulsionamento, que foi um dos grandes problemas nas eleições nos EUA. Quem fizer vai estar pagando pra ver. Vai estar se arriscando. E isso já é uma contribuição do nosso projeto. Por favor, ajude-nos a tornar esse espaço midiático mais transparente ao longo das eleições de 2018.

 

*Coordenador do Projeto Eleições sem Fake
Professor do Departamento de Ciência da Computação da UFMG
http://homepages.dcc.ufmg.br/~fabricio/