Laboratório de Linguagens de Programação

O Laboratório de Linguagens de Programação (LLP) foi criado no dia 4 de março de 1994, pelo professor Roberto da Silva Bigonha, pesquisador que esteve na coordenação do LLP até 2013, quando se aposentou. Na década de 1990 o laboratório possuía dois pesquisadores responsáveis pelos trabalhos ali desenvolvidos: além do professor Roberto Bigonha, a professora Mariza Andrade da Silva Bigonha, atual coordenadora do LLP. No âmbito do laboratório foram defendidas 17 teses de Doutorado e mais de 63 dissertações de Mestrado, em diferentes tópicos. Dessas defesas, 11 teses de doutorado e 37 dissertações de mestrado foram orientadas pelo professor Roberto S. Bigonha. A professora Mariza A.S. Bigonha orientou 15 dissertações de mestrado e coorientou 4 outras; orientou uma tese de doutorado e coorientou outra. O professor Carlos Camarão orientou 7 dissertações de mestrado e 4 teses de doutorado. O LLP acumula, também, mais de dez prêmios de pesquisa, em diferentes níveis, nacional e internacionalmente.

Os 22 anos de atuação do laboratório mostram as mudanças nos focos de pesquisa desenvolvidas pelos alunos. Ao longo dos primeiros anos, as investigações se concentravam principalmente nas linhas de Ambientes para Definição e Implementação de Linguagens e Ferramentas para Definição e Implementação de Linguagens de Programação, além de Metodologia e Técnicas de Computação. Nessas linhas foram desenvolvidos projetos sobre Semântica Formal, Geradores de Front-End de Compiladores, Gerador de Back-Ends de Compiladores, Ambientes de Computação Móvel e ferramentas para auxiliar os professores na disciplina de Compiladores, entre tantos outros.

Atualmente, parte das pesquisas continuam centradas nas linhas de Ambientes para Definição e Implementação de Linguagens e Ferramentas para Definição e Implementação de Linguagens de Programação, mas com ênfase no Back-End de Compiladores, em linguagens funcionais e na definição formal de uma linguagem de atributos para APEG (Adaptable Parsing Expression Grammars) contendo operadores para manipular gramáticas. Todos esses projetos buscam resultados a partir da geração e otimização de códigos. Outra parte da pesquisa se concentra na linha de Metodologia e Técnicas de Computação, especialmente em projetos relacionados à programação em ponto grande, onde são ressaltadas a importância da modularidade, do reúso, da qualidade do software, do custo de manutenção etc.

Hoje, o LLP possui 14 integrantes, sendo quatro professores, 7 alunos de Mestrado, 2 de Doutorado e 1 aluno de graduação. Além de Mariza A. S. Bigonha, ainda fazem parte do LLP dois professores do DCC: Carlos Camarão de Figueiredo e Roberto da S. Bigonha, professor emérito do DCC. O laboratório conta ainda com Kécia Aline Marques Ferreira, professora do Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET-MG) e o Elton M. Cardoso, professor da Universidade Federal de Ouro Preto – campus João Monlevade, que atua como colaborador. O professor Roberto Bigonha, mesmo aposentado, continua envolvido nos trabalhos no laboratório, principalmente participando em bancas examinadoras. Pensando na qualidade dos projetos em desenvolvimento no LLP, é prática do laboratório, desde sua criação, a realização de reuniões semanais entre os pesquisadores e seus alunos de pós-graduação e de graduação. O Laboratório está ligado ao grupo de pesquisa Linguagens e Ambientes de Programação, do CNPq, cujos líderes são os professores Roberto S. Bigonha e Mariza A. S. Bigonha.

Em relação à inserção nacional e internacional, pesquisadores do LLP já desenvolveram trabalhos em parceria com o Institut Nationale de la Recherche en Informatique et en Automatique (INRIA- Roquencourt, França), o INRIA-SIEGE, França/Fapemig, a Telemig, o Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações da Telebras e em cooperação com os desenvolvedores do Mozilla Firefox.

As atividades realizadas na Computação dependem de boas linguagens de programação. Elas dão suporte aos demais campos de pesquisa, sendo essenciais para o desenvolvimento da área como um todo. Dada a importância de linguagens de programação, o LLP interage com outros departamentos dentro da própria Universidade Federal de Minas Gerais, recebendo alunos de diversos cursos, tais como Psicologia, Letras, Matemática, Física e Engenharia. Para os pesquisadores que fazem parte do LLP, um bom conhecimento em Linguagens de Programação é essencial para a formação dos alunos como cientistas da Computação. Tanto as pesquisas realizadas diretamente na área quanto aquelas realizadas em outras áreas necessitam dessa interface com a computação, o que pode ser conseguido a partir do uso adequado de Linguagens de Programação.

Acesse o site do laboratório para saber mais
Entrevista: Professora Dra. Mariza da Silva Bigonha

Equipe do LLP

COORDENADORES

Mariza Andrade da Silva Bigonha

  mariza@dcc.ufmg.br  ICEx/DCC, sala 7314, +55 (31) 3409-5891   www

PROFESSORES

Roberto da Silva Bigonha

  bigonha@dcc.ufmg.br  ICEx/DCC, sala 5309, +55 (31) 3409-1484   www

Carlos Camarão de Figueiredo

  camarao@dcc.ufmg.br  ICEx/DCC, sala 7329, +55 (31) 3409-5889   www