Professor de Segurança digital fala sobre golpes virtuais

ter, 06/06/2017 - 10:45
Português, Brasil

No início do mês de maio, um grande ciberataque provocado por um vírus chamado “WannaCry” atingiu mais de 100 países, incluindo o Brasil. O hackeamento basicamente invadiu computadores que funcionam com o Windows, encriptou dados e pedia um valor em dinheiro para que eles fosse resgatados.

Em os anos de 2010 a 2015, os golpes virtuais no Brasil cresceram cinco vezes, passando de uma média de 142 mil casos por ano para 720 mil, de acordo com levantamento do Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil. Deste total, 54% foram realizados por propagação de vírus maliciosos.

Para falar um pouco mais sobre esse assunto, a repórter Ana Clara Moreira conversou com o Leonardo Barbosa, professor do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação da UFMG na área de Segurança Digital.

Ouça a entrevista com o professor Leonardo Barbosa