Notícias da Capes

Subscribe to Notícias da Capes feed
Updated: 2 hours 31 min ago

Seleção aberta para pesquisador na área de recursos hídricos

2 hours 42 min ago

O International Institute for Applied Systems Analysis (IIASA), organização científica multilateral com sede na Áustria, abriu seleção de pesquisador com doutorado para atuação em modelagem de recursos hídricos. Confira a página da seleção.

Candidatos precisam ter doutorado em hidroinformática, hidrologia, clima, ciência ambiental, engenharia, informática ou área afim. É necessário ter alto nível em inglês, conhecimento de programação (Python, Fortran, C / C ++, GAMS) e apresentar experiência em sistemas de informação geográfica (por exemplo, ArcGIS ou QGIS) e subversioning (git, GitHub, Jupyter Notebook).

Para se inscrever, é necessário apresentar carta de apresentação, currículo, dois exemplos recentes de trabalhos de pesquisa, além de nomes e contatos (incluindo e-mail) de três pessoas de referência relacionadas ao trabalho. Os documentos devem ser enviados para o endereço harrison@iiasa.ac.at. As inscrições estão abertas até o preenchimento da vaga.

O candidato selecionado vai atuar no projeto do Sistema Europeu de Predição do Clima (EUCP). Entre as tarefas está o desenvolvimento de um modelo hidrológico e de recursos hídricos de código aberto, a criação de um Modelo Comunitário da Água (CWatM), e a elaboração de indicadores setoriais e intersetoriais para avaliar riscos hidrometeorológicos futuros (por exemplo, inundação, seca, escassez de água). O trabalho envolve interação com especialistas de múltiplas áreas, como economistas, ecologistas, hidrólogos, modeladores, interessados e cientistas sociais.

A extensão do contrato é de um ano, podendo ser prorrogada, uma vez que o projeto EUCP terá uma duração prevista de quatro anos (2018-2021). O trabalho será realizado na sede do IIASA em Laxenburg, cidade próxima de Viena. Além da remuneração, o IIASA oferece e benefícios como auxílio para mudança, custeio escolar para crianças e cinco semanas de férias anuais. Os salários do IIASA estão isentos de impostos na Áustria.

IIASA
Fundado em 1972, o IIASA realiza pesquisas sobre temas de alta complexidade, difíceis de abordar por países ou disciplinas acadêmicas isoladas. Os resultados devem fornecer insumos para formulação de políticas, encontrando soluções para problemas globais.

O Brasil é um dos 23 membros da organização, e a CAPES é a representante do país no instituto. Além de compor o conselho gestor da instituição, a CAPES tem assento em dois comitês: Executivo e de Divulgação, Capacitação e Engajamento Científico.

A criação do IIASA foi uma iniciativa dos Estados Unidos e da ex-União Soviética durante a Guerra Fria, para aproximar Leste e Oeste. Os atuais membros incluem Suécia, Egito, Vietnã e Índia. Segundo o IIASA, 71% da economia e 63% da população mundiais estão representados na composição do instituto.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

CNE realiza primeira reunião de 2019

Tue, 01/22/2019 - 18:14

Anderson Ribeiro Correia, presidente da CAPES, participou da primeira reunião de 2019 do Conselho Nacional de Educação do Ministério da Educação (CNE/MEC).

A sessão contou com a presença de Ricardo Vélez Rodriguez, ministro da Educação, que presidiu as atividades e deu posse a dois novos conselheiros: Mauro Luiz Rabelo, secretário de Educação Superior do MEC e Tânia Leme de Almeida, secretária de Educação Básica do MEC.

Anderson Ribeiro Correia exaltou a importância do Conselho. “Viemos prestigiar a posse dos dois conselheiros. O CNE ratifica os trabalhos que a CAPES faz. Quando autorizamos novos cursos de pós-graduação, eles são posteriormente avaliados pelo CNE e depois levados para homologação do ministro”.

Luiz Roberto Liza Curi, presidente do CNE, explicou as principais atribuições do conselho, que ratifica diversas atividades da CAPES.

{youtube}AE7-qF7fUFU{/youtube}

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Dislexia é tema de artigo inédito no Brasil

Tue, 01/22/2019 - 11:23

O Projeto Avaliação de Crianças Em Risco de Transtornos de Aprendizagem (ACERTA), financiado pelo Programa Observatório da Educação (OBEDUC), permitiu pesquisas que resultaram em um artigo inédito no Brasil, sobre as bases neurais da dislexia do desenvolvimento em crianças brasileiras.

O artigo, produzido pelo Instituto do Cérebro do Rio Grande do Sul, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (InsCer/ PUCRS), no qual o ex-bolsista Augusto Buchweitz é professor, é o primeiro com dados coletados no Brasil, com neuroimagem funcional sobre a população disléxica e traz dados inéditos referentes ao funcionamento do cérebro da criança com dislexia.

“O cérebro de quem aprende a ler aprende a ficar de prontidão para leitura, enquanto que na dislexia do desenvolvimento, as conexões do cérebro em repouso não envolvem regiões importantes para a leitura”, explica o coordenador.

Projeto
O coordenador explica que o projeto ACERTA foi desenvolvido em rede, com PUCRS, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do Edital CAPES/OBEDUC. O seu objetivo é investigar a aprendizagem da leitura e seu principal transtorno “por meio de uma combinação entre índices de aprendizagem, neuropsicológicos e neurais”.

O ACERTA levou à criação do ambulatório de aprendizagem, que avalia sem custos crianças com dificuldades de leitura, para identificar e diagnosticar aquelas com dislexia do desenvolvimento. Já foram avaliadas mais de 400 crianças que, após analisadas, receberam uma devolução por profissionais da fonoaudiologia, a partir das avaliações de histórico médico, neuropsicologia, leitura e escrita e neuroimagem.

“Esta devolutiva ajuda a informar os pais e a escola sobre a dislexia do desenvolvimento e como melhor lidar com esta dificuldade de leitura que fará parte da vida da criança”, esclarece o coordenador.

Este estudo permite que a ciência sobre a aprendizagem da leitura e dislexia do desenvolvimento no Brasil, não dependa ou limite-se a dados de pesquisas norte-americanas e europeias. “Temos dados nossos, com resultados nossos, referentes a nossa realidade”, destaca o professor.

Futuro
O ACERTA serviu de base para outras propostas e, por meio do Programa Geral de Cooperação Internacional (PGCI) da CAPES, está em rede mundial.

“Graças ao projeto ACERTA e seus resultados e com o apoio da CAPES, conseguimos formar uma parceria de pesquisa internacional com os laboratórios Haskins, da Universidade Yale, e seus parceiros”, conta Augusto Buchweitz, que informou estar em andamento pesquisas na PUCRS e em Yale que se utilizam dos mesmos desenhos experimentais, em português e inglês.

{youtube}o6TRZXfxZLk{/youtube}

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Nature Communications publica artigo de ex-bolsistas

Tue, 01/15/2019 - 14:42

Ex-bolsistas da CAPES, tiveram sua pesquisa publicada na edição de novembro da prestigiada revista científica Nature Communications. O artigo, escrito por Carolina Cavalieri, doutora em Ciências/Farmacologia Bioquímica e Molecular pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e Ricardo Gomez, doutor em Patologia Bucal pela Universidade de São Paulo (USP), fala de um método alternativo para o tratamento das lesões ósseas maxilares sem intervenção cirúrgica, processo que segundo os pesquisadores, é “destrutivo e recorrente”.

O artigo “TRPV4 and KRAS and FGFR1 gain-of-function mutations drive giant cell lesions of the jaw”, é um estudo inédito que traça o perfil genético de tumores dos ossos maxilares, apontando mutações que podem se tornar possíveis alvos terapêuticos em casos agressivos da doença. A pesquisa gera um impacto na classificação clínica das lesões de células gigantes dos maxilares.

Ambos os pesquisadores foram bolsistas da CAPES nas modalidades Pós-Doutorado e Estágio Sênior. Ricardo Gomez diz sentir-se responsável em “devolver” ao seu país tudo o que recebeu: “aprendemos diversas metodologias no campo da Biologia Molecular e suas aplicações no estudo do câncer que serão bastante úteis no treinamento de recursos humanos no Brasil. Isso implicará diretamente na melhor qualidade dos trabalhos que desenvolvemos em nosso laboratório na UFMG”.

{youtube}YD_Abc2x7ak{/youtube}

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Ex-bolsista CAPES é premiada em Lisboa

Mon, 01/14/2019 - 16:51

A ex-bolsista da CAPES, Manaíra Aires Athayde, recebeu o Prêmio Mário Quartin Graça 2018, na categoria melhor tese de Ciências Sociais e Humanas, por seu trabalho “Ruy Belo e o Modernismo Brasileiro. Poesia, Espólio”.

Conforme registrado pelo júri do Prêmio, a tese vencedora “é um estudo de grande qualidade que, através de uma análise minuciosa e profunda, consegue identificar os autores do modernismo brasileiro que o poeta português leu e o modo como os acolheu na sua escrita”, como consta na ata da cerimônia, realizada em Lisboa, ao fim de 2018.

A premiada pesquisa foi desenvolvida no doutorado em Materialidades da Literatura, na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, com o apoio de bolsa do Programa de Doutorado Pleno no Exterior, estabelecida de 2012 a 2016.

O apoio da CAPES “me possibilitou fomentar várias relações e parcerias entre instituições brasileiras e portuguesas, bem como fortalecer e projetar estudos literários e culturais sobre o Brasil no cenário internacional”, enfatizou Manaíra Athayde.


Tese
O trabalho investiga como determinadas características, práticas e temáticas da literatura brasileira se encontram na construção dos discursos poético e crítico do escritor português Ruy Belo, procurando perceber também o seu interesse por certos aspectos culturais e político-sociais brasileiros.

A tese “dá a conhecer o rico espólio de um dos mais importantes poetas portugueses do século XX, com o objetivo de revelar quais autores brasileiros ele leu e como os incorporou em sua produção poética”, explica a pesquisadora.

Na pesquisa, a poesia de Ruy Belo é lida em articulação com as obras de Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade, João Cabral de Melo Neto e Jorge de Lima, sobressaindo a sua forte ligação com a obra poética de Manuel Bandeira.

“Este é um trabalho que nos leva a compreender mais sobre a nossa cultura, a nossa sociedade, a partir do diálogo com outros universos culturais, num mundo em que se torna cada vez mais importante estarmos abertos para estabelecer conexões, partilhas, intercâmbios”, destaca a Manaíra Athayde.

Prêmio
A honraria, concedida pela Casa da América Latina em Portugal, pretende estimular a formação de pesquisadores latino-americanos e portugueses em temas de interesse mútuo para Portugal e a América Latina. Nesta, que é a 9ª edição, a premiação recebeu o maior número já registrado de inscrições, 119, com teses de Portugal, Brasil, México, Argentina, Colômbia, Cuba, Equador, Honduras e Peru.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Trabalho de bolsista é reconhecido na Espanha

Fri, 01/11/2019 - 17:17

Especialista em Formação Avançada para Consultores em Finanças, a bolsista da CAPES, Rosinele Oliveira, apresentou em Madri, Espanha, um trabalho que discute a gestão de políticas públicas que promovem o desenvolvimento local. Sua apresentação foi feita durante o congresso do Grupo de Investigación em Gobierno, Administración y Politicas Publicas (GIGAPP), e teve foco nos Programas brasileiros de Aquisição de Alimentos (PAA) e Nacional de Alimentação escolar (PNAE). O evento ocorreu entre os dias 24 a 27 de setembro de 2018.

O trabalho despertou o interesse de outros pesquisadores. Até o evento, a pesquisa restringia-se a uma análise de municípios de pequeno porte do estado do Pará. Depois da apresentação, a bolsista recebeu o convite para fazer um doutorado sanduiche na Espanha: “Em janeiro de 2019 iniciarei a pesquisa de campo na Espanha. Será feita uma abordagem relacionando Brasil (Amazônia) e Espanha. Isso só é possível de ser feito graças ao apoio da CAPES”, afirma.

O interesse de Rosinele pelo assunto vem de uma proximidade com o tema: ela nasceu no município de Baião (PA), cuja base econômica está alicerçada na agricultura familiar. Ali, são as políticas públicas que contribuem para a promoção do desenvolvimento local. Seu trabalho discute a gestão dos programas PAA e PNAE em nível municipal, e pretende mostrar qual a contribuição para o desenvolvimento local, ao mesmo tempo em que busca compreender quais as dificuldades de aquisição de alimentos provenientes da agricultura familiar.

Segundo dados do IBGE de 2018, a agricultura familiar representa 70% a 90% dos estabelecimentos agropecuários do país. No Brasil, atualmente, estamos na terceira geração de políticas públicas voltadas para a agricultura familiar e os programas citados, além de criarem mercados protegidos para este segmento, servem como referência no enfrentamento à pobreza para diversos países.

Sobre a GIGAPP
O Grupo de Investigación em Gobierno, Administración y Politicas Publicas (GIGAPP), surgiu em 2010, baseado em valores de abertura, rigor, conhecimento aplicado e inovação. Com quase mil pesquisadores em sua rede de governo, gestão pública e análise de políticas públicas, o GIGAPP é uma comunidade de pesquisa consolidada que desenvolve continuamente atividades de pesquisa, ensino, extensão acadêmica e assistência técnica.

{youtube}cHg1tCXAgB4{/youtube}

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

FGV convida para o V Colóquio de Pesquisa Aplicada

Fri, 01/11/2019 - 17:04

A Fundação Getulio Vargas (FGV) convida para a quinta edição do seu Colóquio de Pesquisa Aplicada que acontecerá nos dias 20 e 21 de agosto de 2019, no Rio Janeiro.

No evento, Carlos Ivan Simonsen Leal, presidente da Fundação, discutirá sobre a importância das atividades de pesquisa aplicada para o desenvolvimento socioeconômico no país. Temas como, a avaliação e mensuração de impactos de pesquisa, avaliação das políticas públicas na área da educação e segurança pública no Brasil, também serão abordados.

Além de representantes do governo federal, o encontro terá a participação de órgãos de fomento à pesquisa, pesquisadores de universidades e think tanks nacionais e internacionais.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Anunciado resultado de bolsas da CAPES na Fiocruz

Thu, 01/10/2019 - 16:21

Cinco estudantes vão receber bolsa da CAPES para cursar pós-doutorado na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Confira o resultado, anunciado pela Fiocruz nessa terça-feira, 9. As bolsas são do Programa Nacional de Pós-Graduação (PNPD) e fazem parte do Acordo de Cooperação Técnica entre as fundações, celebrado em 2017.

Segundo a Fiocruz, a seleção analisou 29 candidaturas com relação a aderência ao edital, qualidade do curriculum vitae e do projeto científico apresentado, além de interesses apresentados em carta de motivação.

Os selecionados vão atuar no Centro de Desenvolvimento Tecnológico em Saúde (CDTS). Criada em 2002, a unidade promove inovação em ferramentas, produtos ou serviços para uso em saúde pública.

Também estão incluídas do Acordo CAPES-Fiocruz as bolsas do Programa de Pós-Doutorado no Exterior, Professor Visitante do exterior no País (PVE) e Professor Visitante Nacional Sênior (PVS).

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Brasileiros farão doutorado pleno em Yale

Tue, 01/08/2019 - 11:59

Seis brasileiros de áreas biológicas e biomédicas terão financiamento da CAPES para cursar doutorado pleno na universidade de Yale, nos Estados Unidos. Os estudantes foram aprovados no programa CAPES-Yale, que divulgou resultado nessa terça-feira, 8. Confira o resultado.

Os selecionados vão estudar por até seis anos no Programa Combinado de Ciências Biológicas e Biomédicas (BBS), escola doutoral interdisciplinar que agrega oito especialidades, incluindo biologia computacional, genética e neurociência. Para custear suas atividades, os alunos recebem bolsa, passagens aéreas e auxílio para seguro-saúde.

Conforme informações da CAPES, o formato do BBS é diferente dos cursos brasileiros de pós-graduação, pois em Yale o orientador será escolhido apenas após uma série de atividades. No primeiro ano, os alunos estudam até três matérias por semestre e fazem de duas a quatro rotações de laboratório. Somente então será selecionado um orientador de tese no laboratório em que a pesquisa de doutorado será conduzida.

O objetivo do programa é formar a próxima geração de líderes científicos, que pratiquem convenções necessárias para chefiar pesquisas biológicas e biomédicas. Estão previstos encontros com pesquisadores experientes sobre temas como pós-graduação, gestão de laboratório de pesquisa ou como progredir de descobertas biomédicas básicas para avanços clínicos.

Durante o doutorado, os alunos também terão oportunidade de circular por todos os departamentos para fazer cursos, seminários e conhecer e o corpo docente em toda a Universidade de Yale.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Professores da educação básica farão mestrado na Irlanda

Mon, 01/07/2019 - 15:08

Até 90 professores da educação básica receberão bolsa da CAPES para fazer mestrado profissional em um dos maiores centros de formação de docentes da Irlanda. A iniciativa é parte do Programa de Desenvolvimento Continuado (CPB), parceria entre a CAPES e o Mary Immaculate College.

Conforme acordo firmado entre as duas instituições, a faculdade irlandesa oferecerá um curso de mestrado profissional de um ano na área de Mentoria e Liderança em Educação. Como preparação, o programa inclui uma imersão de aperfeiçoamento em língua inglesa. O mestrado terá módulos sobre orientação, liderança escolar e perspectivas globais sobre educação. Haverá três processos seletivos, e o primeiro será lançado nos próximos meses. Os próximos ocorrerão em 2020 e 2021.

A ideia do acordo surgiu com a entrega do Prêmio Professores do Brasil, que aproximou as duas instituições. Em 2018, os agraciados participaram de uma visita técnica organizada pela instituição irlandesa. O encontro envolveu palestras do corpo docente da MIC, visitas a escolas, reuniões com professores e diretores e participação em uma conferência sobre ensino de segunda língua. O itinerário incluiu visitas a locais culturais e excursões educacionais a Belfast e Dublin.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES’

Categories: Pesquisa

Reitor do ITA, Anderson Ribeiro Correia será o presidente da CAPES

Thu, 01/03/2019 - 11:48

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, anunciou durante a cerimônia de transmissão de cargo, ocorrida nesta quarta-feira, 2, em Brasília, que o reitor e professor do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), Anderson Ribeiro Correia, será o novo presidente da CAPES. A nomeação deve ser publicada no Diário Oficial da União nos próximos dias.

Engenheiro civil, formado pela Universidade Estadual de Campinas, mestre em Engenharia de Infraestrutura Aeronáutica pelo ITA e doutor em Engenharia de Transportes pela University of Calgary, no Canadá, Anderson Correia é pesquisador do CNPq e assessor da CAPES, FAPESP E CNPq.

Editor associado da Revista Transportes e revisor de diversos periódicos nacionais e internacionais, o futuro presidente da CAPES ainda compõe o comitê do Transportation Research Board, dos Estados Unidos, o Conselho Deliberativo da Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (ANPET) e o Conselho de Administração da Organização Brasileira para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Controle do Espaço Aéreo (CTCEA).

À frente da CAPES, Anderson Correia presidirá a fundação vinculada ao MEC responsável pela expansão e consolidação da pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) no Brasil, por meio de concessão de bolsas e fomentos, de avaliação e acesso e divulgação da produção científica. A instituição investe na formação de recursos humanos de alto nível no País e no exterior, atua na formação de professores da educação básica e promove cooperação científica internacional.

Histórico Profissional
Anderson Correia foi gerente de Operações na McLane Logistics do Brasil e superintendente de Infraestrutura Aeroportuária da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC). Foi Presidente da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Transporte Aéreo e consultor em logística e transportes para a Petrobrás, Embraer, BNDES, OACI, TCU e BAA.

Também ministrou aulas em cursos especializados para o CENIPA, TCU, Infraero, Embraer, Secretaria de Aviação Civil e ANAC. Anderson Correia tem experiência na área de Engenharia de Transportes, com ênfase em Planejamento de Transportes, atuando principalmente em aeroportos, transporte aéreo e logística. Em 2017, recebeu a Medalha Mérito Santos Dumont, da Força Aérea Brasileira.

Novo ministro
Durante a cerimônia de transmissão de cargo, o ministro Ricardo Vélez Rodríguez ressaltou que sua gestão, além de priorizar a educação básica, estará focada em outros setores educacionais essenciais para o desenvolvimento do Brasil, como o ensino profissional tecnológico, as pesquisas científicas e de extensão e a inovação tecnológica nas escolas e universidades, bem como no aperfeiçoamento de programas que incentivem o empreendedorismo para a inserção no mercado de trabalho.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Onze instituições terão assistente de ensino de alemão

Thu, 01/03/2019 - 11:18

Foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 3, o resultado final referente ao Edital nº 35/2018 do Programa de Assistente de Ensino de Língua Alemã para Projetos Institucionais (GTA). O documento apresenta as onze Instituições de Ensino Superior (IES) selecionadas, por meio de propostas de projetos, para receber um assistente de ensino de língua alemã.

Programa GTA
O Programa seleciona projetos de IES brasileiras para o recebimento de assistentes de ensino de língua alemã, visando proporcionar oportunidades de acesso ao estudo do idioma alemão para a comunidade acadêmica como base do processo de internacionalização das universidades brasileiras, elevando a qualidade dos cursos de bacharelado e/ou licenciatura em Letras, Língua Alemã, e outros cursos de Letras disponíveis.

(Brasília – CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura “CCS/CAPES”

Categories: Pesquisa

Portaria possibilita a repactuação das obrigações de bolsistas no âmbito dos programas internacionais da CAPES

Wed, 01/02/2019 - 18:52

A CAPES publicou no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 02, a Portaria nº 291 que institui a Novação das obrigações assumidas por bolsistas no exterior, no âmbito dos programas geridos pela Diretoria de Relações Internacionais da CAPES.

A Novação consiste na substituição das obrigações assumidas pelo bolsista, quando da aceitação da bolsa e assinatura do Termo de Compromisso ou Outorga, por outras que correspondam ao ressarcimento do investimento feito pelo País em sua formação.

Instituída com o propósito de aperfeiçoar as normas relacionadas à concessão de bolsas no exterior, destina-se àqueles bolsistas e ex-bolsistas que, mesmo permanecendo no exterior, comprovem de maneira inequívoca que contribuirão de forma significativa para o desenvolvimento científico e tecnológico do país.

Trâmites
Para ex-bolsistas, o prazo para submissão da proposta de novação é de 60 dias, contados da data da publicação da portaria. Para os beneficiários de bolsas ainda vigentes, as propostas deverão ser encaminhadas em até 120 dias antes do término da bolsa. Propostas encaminhadas com prazo superior serão rejeitadas pela CAPES.

Uma das exigências da Portaria é que o bolsista ou ex-bolsista deverá demonstrar que a sua permanência fora do país terá relevância estratégica para o desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil e contribuirá para a internacionalização das instituições brasileiras. Além disso, é primordial que seja demonstrada a inserção em instituição estrangeira de notória excelência em pesquisa, desenvolvimento tecnológico ou inovação, com potencial para formar e capacitar cidadãos brasileiros e favorecer o estabelecimento de mecanismos de transferência de Ciência, Tecnologia e Inovação em benefício do Brasil.

Semelhante ao processo de concessão de bolsas e auxílios, as propostas de Novação seguirão as fases de análise técnica documental pela área técnica da CAPES, análise de mérito acadêmico-científico-tecnológico por membros do Grupo Assessor Especial (GAE) e posterior homologação pela Diretoria de Relações Internacionais da CAPES.

O prazo máximo para Novação das obrigações assumidas é de 60 meses.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Regulamento atualiza normas para concessão de bolsas e auxílios no exterior

Wed, 01/02/2019 - 16:55

Foi publicada nesta quarta-feira (2), no Diário Oficial da União, a Portaria Nº 289 que atualiza o regulamento que disciplina a concessão e o acompanhamento de bolsas no exterior. A medida foi tomada ao se verificar, após a publicação da Portaria 186, de 29 de setembro de 2017, a necessidade de ajustes em pontos específicos, identificados a partir da sua utilização frequente como documento de referência no desenvolvimento das atividades de acompanhamento e monitoramento de bolsistas no exterior.

A Portaria deixa clara uma série de terminologias utilizadas, como a diferenciação entre auxílio e bolsa, a definição de programas e de cada modalidade, períodos de pagamento e de realização dos cursos, e as proficiências exigidas.

O texto foi compatibilizado com as alterações realizadas pela Portaria Capes 125/2018, tanto em relação às nomenclaturas de bolsa como às mudanças no tocante ao benefício de auxílio deslocamento que deu lugar à concessão de passagens.

O documento compatibiliza a antiga portaria com a Portaria MEC 327/2018, que dispõe sobre a Política de Gestão de Bolsas do Ministério da Educação, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira e dá outras providências. A portaria MEC apresenta termos gerais para definição dos objetos de fomento e a portaria publicada hoje é compatível com o que é regulamentado pelo MEC, mas deixa os termos mais detalhados e adequados à realidade da Capes.

Uma das mudanças trazida pela nova Portaria é a idade mínima para ser beneficiário da bolsa ao exterior. Baixou de 21 anos para 18 anos, seguindo a maioridade civil brasileira.

Outra alteração é que a carta de concessão e o termo de compromisso, que normatizavam a concessão de benefícios e as obrigações do bolsista junto à CAPES, foram substituídos pelo termo de outorga. Dessa forma, a portaria vai ao encontro do Decreto nº 9.283, de 7 de fevereiro de 2018, ao regulamentar a Lei de Inovação, Lei nº 10.973, de 2 de dezembro de 2004, que definiu o termo de outorga como instrumento jurídico utilizado para concessão de bolsas, de auxílios, de bônus tecnológico e de subvenção econômica.

Confira aqui a íntegra da Portaria

Categories: Pesquisa

Parceria seleciona pesquisadores para atuarem na Áustria

Wed, 01/02/2019 - 16:40

Por meio do Edital nº 31/2018, foram escolhidos quatro pesquisadores para desenvolver atividades no Instituto Internacional para Análise de Sistemas Aplicados (IIASA), na Áustria, por meio da Programa CAPES/IIASA de Pós-Doutorado.

O Resultado Final, publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 02, divulgou os nomes dos contemplados que receberão bolsas com duração de três a 24 meses e serão enviados à Áustria já no primeiro semestre de 2019.

A diretora de relações internacionais da CAPES, Connie McManus, ressalta a importância da parceria com IIASA. “O instituto conduz pesquisas orientadas à resolução de questões demasiadamente complexas para um único país ou disciplina acadêmica resolverem”.

Segundo a diretora, “estas pesquisas incluem problemas que afetam o futuro de toda a humanidade, como mudanças climáticas, segurança energética, envelhecimento populacional e desenvolvimento sustentável".

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

CAPES divulga resultado final de Conselho Técnico-Científico referente à recursos

Fri, 12/28/2018 - 15:16

Nesta sexta-feira, 28, a CAPES divulgou o resultado final dos recursos analisados pelo Conselho Técnico-científico da Educação Superior (CTC-ES). A 182ª Reunião do Conselho ocorreu entre os dias 12 a 14 de dezembro , na sede da CAPES, em Brasília.

O documento abrange a identificação do programa de pós-graduação e da área, além da decisão do conselho. Confira o resultado dos recursos.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES)

Categories: Pesquisa

Jogos: aprender se divertindo

Fri, 12/28/2018 - 14:12

Novas tecnologias podem ser divertidas na hora de aprender. Aos poucos, os jogos educativos são inseridos na rotina dos estudantes, criando a oportunidade de se vivenciar o estudo de uma forma lúdica e leve.

Eduardo Aranha, pesquisador da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, participa de um projeto que elaborou um jogo de pré-cálculo para ajudar a nivelar o conhecimento dos alunos que entram na universidade. “O jogo foi desenvolvido com o objetivo de dar um suporte num ambiente mais lúdico, onde o aluno possa perceber a utilidade da matemática em um ambiente virtual e descontraído”.

Pensando em ensinar de forma mais criativa, os pesquisadores da Universidade Federal do Paraná fizeram um simulador empresarial de gestão pública. “A ideia do simulador é que até prefeituras usem quando entrar um novo prefeito, para ver como é a gestão pública na prática, entender o funcionamento das finanças públicas, contabilidade pública e os principais problemas enfrentados no serviço público”, afirma Gustavo Abib, integrante do projeto.

Os projetos foram apresentados no 1º Workshop de Inovação da Diretoria de Educação a Distância. São 19 pesquisas voltadas ao aprimoramento, financiadas pela CAPES, com código aberto para uso.

{youtube}5PO1KPhz8FI{/youtube}

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Capacitação de professores a distância é foco de pesquisas

Fri, 12/28/2018 - 13:12

Pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (Ufscar), em São Paulo, criaram uma plataforma para ajudar no desenvolvimento profissional, com apoio técnico-pedagógico, dos professores de ensino a distância.

“Nós pensamos na criação de um site informativo que contém biblioteca com dicas de leituras, tutoriais para ferramenta de web 2.0, dicas de moodle (ambiente virtual de aprendizagem), notícias. Os professores podem pegar dicas sobre como fazer as atividades”, conta a Maria Angélica Zanotto, pesquisadora.

Já na Universidade Federal de São João Del-Rei, em Minas Gerais, preparou um e-book interativo, voltado à capacitação de alunos. Luís Fernando Soares, pesquisador, informa que o projeto traz ambientes de realidade aumentada e virtual para serem usados com conteúdos didáticos de química e biologia. “Nossos aplicativos têm mais imagens, para facilitar a visualização, principalmente para o conteúdo da química e biologia, onde o aluno precisa desse recurso”.

Os dois projetos foram apresentados no 1º Workshop de Inovação da Diretoria de Educação a Distância. Eles possuem código aberto, são financiados pela CAPES e estão disponíveis para uso de alunos e instituições.

{youtube}NTFaNtS2HkM{/youtube}


(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

UFERSA cria mapa virtual para interação educativa

Fri, 12/28/2018 - 13:09

Já pensou em olhar o mapa no celular e ter a possibilidade de criar conteúdos sobre vários temas? Os pesquisadores da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA), no Rio Grande do Norte, desenvolveram um aplicativo que permite aos usuários criar e debater temas de interesse em diversos pontos da cidade.

“A gente dá um foco maior para o aluno, o professor deixa de ser o único criador de conteúdo para que o aluno tenha essa possibilidade. O aluno vai poder disseminar o seu conhecimento para colegas e professores”, conta Ivanildo Silva, pesquisador.

O projeto foi exibido no 1º Workshop de Inovação da Diretoria de Educação a Distância. Ao todo, 19 projetos financiados pela CAPES foram apresentados. Eles possuem código aberto e estão disponíveis para uso de alunos e instituições.

{youtube}kHfoc_4aJ-U{/youtube}

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

CAPES e Fulbright lançam edital de doutorado pleno

Fri, 12/28/2018 - 13:05

A CAPES e a Comissão Fulbright tornam público o edital nº 42/2018, que seleciona candidatos para o Programa CAPES-Fulbright de Doutorado Pleno, nos EUA. Entre os objetivos do programa estão a maior visibilidade internacional à produção científica, tecnológica e cultural brasileira, além da formação de recursos humanos de alto nível nos Estados Unidos.

Serão oferecidas até 20 bolsas de doutorado pleno de até seis anos, que abrangem todas as 49 Áreas de Avaliação da CAPES.

Confira todos os detalhes do edital CAPES-Fulbright aqui.

(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES

Categories: Pesquisa

Pages